SEJA PERITO JUDICIAL

Sem necessidade de concurso.

VOCÊ CONHECE O MERCADO DE TRABALHO DA PERÍCIA JUDICIAL?

O Perito Judicial é um profissional autônomo que auxilia à Justiça, emitindo laudos em sua área de formação, sendo bem remunerado por este trabalho. De forma simplificada, é possível afirmar que o Perito é um "prestador de serviços" do Judiciário.

 

Apesar de pouco divulgada, a atividade de Perito Judicial existe desde os primórdios das Leis Brasileiras, com destaque para os Artigos 109, 135 e 137 Código Criminal de 1.830.

 

De acordo com o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), em 2015 a Justiça Brasileira já contava com mais de 99 MILHÕES de processos em andamento, sendo cerca de 26 MILHÕES iniciados naquele mesmo ano.

 

Estima-se que atualmente os Tribunais contem com apenas 12 mil Peritos atuantes.

Mesmo que somente 10% dos Processos necessitem de Perícias, por exemplo, estamos falando de uma demanda 217 Perícias por ano para cada Perito, ou 22 Perícias por mês.

 

Em resumo, FALTAM PERITOS JUDICIAIS para o atendimento do Poder Judiciário, o

que faz este mercado estar plenamente aquecido, mesmo em uma época de crise.

QUEM PODE SER PERITO?

De acordo o Novo Código de Processo Civil (CPC) em seu Artigo 156, Parágrafo 1° -

 

"Os peritos serão nomeados entre profissionais legalmente habilitados..."

 

Administradores, Contadores, Economistas, Engenheiros e Técnicos de todas as áreas (incluindo áreas trabalhistas), Profissionais de TI, Médicos e Enfermeiros, Profissionais ligados ao Meio Ambiente, Corretores de imóveis, Fisioterapeutas, Odontólogos, Químicos, Agrônomos, Biólogos, Arquitetos, Advogados, todos estes profissionais podem atuar como Peritos do Juízo ou Assistentes Técnicos das Partes.

 

Isso significa que profissionais liberais, recém-formados, mesmo empregados de empresas ou aposentados podem ser peritos nos tribunais, desde que comprovem conhecimento na área da Perícia a ser realizada.

QUAIS AS VANTAGENS EM SER PERITO?

Há muitas vantagens em atuar nessa área, podendo-se destacar a flexibilidade de horários, permitindo que a atividade possa ser desenvolvida como uma renda extra, ou até mesmo uma fonte de renda exclusiva, em caso de muitas nomeações. O Perito tem a liberdade de aceitar  ou recusar as nomeações que receber, bastando apresentar um motivo justo de acordo com a Lei.

 

Há de se ressaltar que o pagamento é garantido, sendo depositado em juízo antes de se começar o trabalho e liberado com a entrega do Laudo.

 

Além de um grande reconhecimento do profissional que atua com perícias, a remuneração é um dos maiores atrativos para a área, podendo variar entre R$ 3.500,00 até R$ 40.000,00 mensais. Abaixo alguns exemplos de processos com estes valores de honorários para o Perito:
 

Proc.: 0012529-32.2014.5.15.0062

Fixo os honorários periciais contábeis, em favor do Perito XXXXXXXXX, em R$ 3.500,00.

 

Proc.: 0132700-87.2009.5.17.0013

Fixo os honorários periciais contábeis em R$ 4.500,00, já deduzido o depósito de fls. 211. Libere-se o depósito de imediato ao perito.

 

Proc.: 0004444-32.2012.8.19.0073

A Perícia consiste na elaboração de relatório referente à imóvel rural de área de 176.360,57m2 , objeto de servidão administrativa, com resposta a 33 (trinta e três) quesitos apresentados pelas partes, concernentes na avaliação e descrição do referido imóvel (...) Assim, levando-se em conta os parâmetros de proporcionalidade e de razoabilidade, bem como as horas técnicas a serem despendidas de acordo com a extensão do imóvel rural a ser periciado, fixo os honorários em R$ 40.000,00 (quarenta mil reais).

 

Ou seja, existe possibilidade de se ganhar R$ 40.000,00 com apenas uma perícia!

O QUE É ASSISTÊNCIA TÉCNICA JUDICIAL?

Após a nomeação do Perito, cada parte pode indicar seu próprio representante técnico, chamado de Assistente Técnico. Este profissional atuará junto ao Perito e Advogados, emitindo seu próprio Laudo, que é chamado de Parecer Técnico. O mercado de Assistências é considerado igualmente rentável e pode ser exercido livremente, desde que você não seja o Perito nomeado naquele Processo em particular.

PRECISO ME FILIAR A ALGUMA ASSOCIAÇÃO OU CONSELHO DE PERITOS?

A nomeação do Perito Judicial é uma livre escolha do Juiz, não sendo exigida a filiação a conselhos, associações ou institutos. Recomenda-se, no entanto, que posteriormente se procure conselhos relacionados à sua profissão para parcerias e atualização profissional constante, bem como seguir as Resoluções próprias de cada profissão.

O CURSO

O objetivo principal do Curso: Perícia Judicial e Assistência Técnica é de propagar a atividade, qualificando profissionais de todas as áreas, afim de que se tornem peritos capazes, viabilizando assim seu ingresso num mercado pouco conhecido no país. O profissional terá acesso ao conhecimento necessário para prestar este serviço ao Poder Judiciário, aprendendo tudo sobre o que envolve a nomeação, sua atuação dentro do processo judicial, elaboração de laudos e petições, assim como outros temas relevantes à sua função.

 

Contamos com um material didático composto de apostila, modelos de petições e exemplos de Laudos para que você possa ingressar na atividade com segurança. Trata-se do curso mais completo e prático do país!

 

Ao final do Curso, será emitido um CERTIFICADO DE CONCLUSÃO, que pode ser utilizado para nomeação nos Tribunais.

 

Instrutor: Perito Judicial Fernando Mendes de Faria (Diretor Técnico da Perithia, Engenheiro e Perito atuante em 16 Varas Estaduais e Federais em São Paulo e Região). Clique aqui para conhecer um pouco mais de seu trabalho.

PRÓXIMAS TURMAS

Perícia Judicial e Assistência Técnica

(Presencial)

____________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

Local: São Paulo/SP

Data: De 22 a 24 de março

 

HORÁRIOS:

Dia 22/03/2018 das 18h30 às 22h30

Dia 23/03/2018 das 18h30 às 22h30

Dia 24/03/2018 das 08h00 às 18h00

 

Investimento: R$ 750,00

(10% de desconto à vista ou em até 4x Sem Juros)

Carga Horária: 18 horas.

 

 

___________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

 

Local: Marília/SP

Data: PRÉ-INSCRIÇÕES ABRIL/2018

 

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DO CURSO:

  1. INTRODUÇÃO

Conceitos e Definições da Perícia Judicial

Origem e Legislação referente à Atividade

Estrutura do Poder Judiciário

Atividades Básicas da Perícia

Mercados de Atuação do Profissional de Perícias

 

  1. CADASTRAMENTO E HABILITAÇÃO

Pré-requisitos e Documentos

Portais de Cadastramento

Apresentação ao Juízo

 

 

  1. ATUAÇÃO DE ACORDO COM O NOVO CPC

Nomeação do Perito e Indicação de Assistentes pelas partes

Honorários Periciais

Rito Processual e Prazos

Processo Físico e Eletrônico

Diligências – Vistorias, Reuniões, Exames e Avaliações

Perícia na Justiça do Trabalho

Atuação como Assistente Técnico

 

  1. ÉTICA PROFISSIONAL, DEVERES E OBRIGAÇÕES

Ética na Condução dos trabalhos

Responsabilidade Civil e Penal do Perito

Suspeição e/ou impedimento do Perito

 

  1. DOCUMENTAÇÃO

Petições Diversas

Laudo Pericial e Parecer Técnico

Quesitos e Esclarecimentos